A Menina do Fim da Rua

Sinopse:
Rynn tem 13 anos, e mora em uma casa alugada por seu pai, um poeta que nunca é visto. Desconfiados dos hábitos da casa, a corretora responsável pela casa, o filho pervertido dela e um policial tentam descobrir o mistério forçando contatos com a menina.
Mas ela confia apenas em Mário, um mágico de festas que se torna seu único amigo

Qual livro marcou sua infância? A minha foi marcada por vários, porém alguns me marcaram mais profundamente, como é o caso do livro: A MENINA DO FIM DA RUA do autor LAIRD KOENIG.

O problema começa quando as pessoas resolvem futricar na vida dela para descobrir o mistério que a ronda, começando com a corretora de imoveis (Sra. Hallet), logo o filho pervertido dela (Frank Hallet), um policial e por acaso seu sobrinho Mário.

a menina do fim da rua,

O que eu acho lindo no livro é que olhando pelo lado prático da coisa você pode odiar Rynn, mas ela te cativa, tem uma fibra que poucas pessoas tem. Uma curiosidade é que Rynn tem um dente lascado, por isso não gosta de sorrir, enquanto Mário sofre de uma deficiência na perna e anda com sua bengala, o que ele usa para seus shows de mágica.

No decorrer do livro você vai tomando um ódio de como as pessoas são fofoqueiras e gostam de se meter na vida dos outros, sem falar no ódio mortal que vai sentir por Frank, que personagem asqueroso!

O livro é tão perfeito que faz você fazer uma mini análise da vida e de como tudo é frágil. Fazendo essa resenha eu acabei descobrindo que temos um filme desse livro, de 1976 com duração de 1h e 12 minutos, com certeza vou vê-lo!

Li esse livro quando tinha a idade da protagonista, e ficava encantada com a coragem dela de seguir o plano que o pai deixou, ela é corajosa e muito esperta apesar da pouca idade. Obviamente ele sente seus medos, inseguranças e sofre a consequências disso no decorrer da leitura.

Um livro que vale a pena ser relido em várias épocas da vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *